Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

História da Alimentação no Paraná

Autor: Carlos Roberto Antunes dos Santos
Páginas: 182 pgs.
Ano da Publicação: 2007
Editora: Instituto Memória - Juruá Editora
Preço: R$ 42,90

SINOPSE
SINOPSE

Não é comum entre os historiadores o estudo da sociedade rural e das estruturas agrícolas. O universo da agricultura de subsistência não tem sido tema de interesse. Este livro, “História da Alimentação no Paraná” tem, portanto, dupla importância. A primeira, a de investigar um plano importante da formação do Paraná, de experiência assentada no campo. A segunda, a de investir num terreno de pesquisa e elaboração teórica bastante inóspita, embora fundamental para compreensão da vida paranaense. O próprio autor, Carlos Roberto Antunes dos Santos, professor do departamento de história da Universidade Federal do Paraná, explica a lacuna. “O historiador, de maneira geral, parece não aceitar o desafio em relação ao mundo rural, pois a imprecisão cronológica é a mais comum; quase não existem documentos manuscritos para se cobrir o espaço agrário, e a descontinuidade das fontes impede, muitas vezes, a abordagem de um passado mais distante”. Mais fácil é a pesquisa nos domínios convencionais: história política, história das instituições, história das idéias. Carlos Roberto Antunes dos Santos enfrentou com sucesso o desafio e o trabalho árduo produzindo este livro que trata da história da alimentação paranaense, especialmente no período provincial. É uma obra fundamental que aborda as políticas de produção e abastecimento que deram origem ao atual estágio de nosso desenvolvimento. Suas pesquisas detectam as iniciativas, principalmente a partir do governo Lamenha Lins, para atingir dois objetivos da época: a emancipação dos escravos e a implantação de um novo sistema de colonização e imigração. A história do projeto de modernidade começou, no Paraná, com o incentivo à colonização com imigrantes europeus, e que nos deu o Paraná como ele é hoje.

CURRÍCULO DO AUTOR

Carlos Roberto Antunes dos Santos é Professor Titular em História do Brasil, com atividades nos programas de Graduação e Pós-Graduação em História. Possui Graduação em História pela Universidade Federal do Paraná (1966), Mestrado em História pela Universidade Federal do Paraná (1974), Doutorado em História - Université de Paris X, Nanterre (1976), e Pós-Doutorado em História pela Universidade de Paris III - Instituto de Altos Estudos da América Latina (1986). Tem experiência na área de História da Alimentação, com ênfase em Teoria/Metodologia e Historiografia, atuando, principalmente, nos seguintes temas: História, Gastronomia e Cultura Alimentar, com destaques nos seus aspectos multi e interdisciplinares. Foi Reitor da UFPR (1998/2002), Presidente da ANDIFES (2001/2002), Secretário de Educação Superior do MEC – SESU - (2003/2004), e membro do Conselho Nacional de Educação (2003/2004) e do Conselho Superior da CAPES (2003/2004). Em 2002 foi agraciado com o 16º Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia.

SUMÁRIO DA OBRA
A HISTÓRIA E A CULTURA DA ALIMENTAÇÃO
INTRODUÇÃO
CAPÍTULO I - O JOGO DA HISTÓRIA: ESCASSEZ E CARESTIA DE ALIMENTOS NO PARANÁ, NO FINAL DO SÉCULO XVIII E 1ª METADE DO SÉCULO XIX
1 Os Primórdios da Penúria e da Carestia
2 A Câmara Municipal e o Comércio de Gêneros Alimentícios: o Juiz Almotacé e a Fiscalização do Mercado
CAPÍTULO II - AS REGRAS DO JOGO CAPITALISTA: O PROCESSO DE COLONIZAÇÃO E A BUSCA DA MODERNIDADE
1 Políticas Nacionais xPolíticas Regionais
2 Colonização, Escravidão e Emancipação
CAPÍTULO III - A FORMAÇÃO DA ESTRUTURA AGROALIMENTAR NA PROVÍNCIA DO PARANÁ
1 A Produção Camponesa
2 O Quotidiano dos Alimentos: Da Produção ao Consumo
  2.1 Feijão
  2.2 Milho
  2.3 Mandioca
  2.4 Arroz
  2.5 Carne
  2.6 Trigo
  2.7 Variedade
3 Algumas Observações Acerca da Cultura do Trigo no Brasil
  3.1 Padarias
  3.2 Erva-mate
  3.3 Agricultura
CONCLUSÃO
ANEXO I - RELAÇÃO DE ALMOTACÉIS, ELEITOS PELA CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA
ANEXO II - FONTES PRIMÁRIAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
REFERÊNCIAS