Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

ECOS DA ALMA FEMININA

Autor: Organizadora: Graciela Sanjutá Soares Faria
Páginas: 226 pgs.
Ano da Publicação: 2022
Editora: Instituto Memória
Preço: R$ 40,00

SINOPSE

AUTORAS PARTICIPANTES

 

Amanda Marilia Leite

Angélica Nepomoceno Xavier

Caroline Coradini Silva

Danielle Lourenço

Daniele Moscardi

Flávia Diniz Roldão

Francisca Rasche

Graciela Sanjutá Soares Faria

Guísela Marzinkowski

Jéssica Caroline dos Santos

Patrícia Cres Napoleone Giovannetti

Rosemeri Tomal

 

APRESENTAÇÃO

O livro Ecos da alma feminina surgiu de um entrelaçamento de mulheres que se entusiasmaram por uma corajosa aventura de desbravar, cada uma, o seu contorno, as subidas, descidas e curvas do feminino. Ao mesmo tempo, expressou o desejo por se darem as mãos, em ritmo de sororidade, para reconhecer, tocar e atravessar os tantos doídos coletivos na história das mulheres.

A provocação inicial partilhada com cada uma das autoras foi a questão já, há tanto tempo, trazida por Freud: “O que quer uma mulher?” Juntamente, foi gestada esta primeira poesia, “Mulher”, para movimentar a produção do coletivo.

 

Mulher

 

Há todas nós?

Há, sim, assim como várias em cada uma

Pouco se sabe sobre as mulheres

Mais se pode saber

No Uma a Uma

 

Menina

Garota

Mocinha

Guria

Moleca

Piazita

Mulher

 

Aí mora belo feminino!

 

A síntese

Antítese

Paradoxo

Incógnita

Simples

Complexo

 

Água

Terra

Fogo

Ar

Éter

Mulher

 

Do esburacado

A tecer a maior completude

Perfeitamente incompleta

 

Bem longe da intenção de mover respostas para a questão apresentada, mas, sim, de atravessá-la e gerar possibilidades de sentidos, atravessados pelo inconsciente, desse mote, endereçado às mulheres, veio uma imensidão de letras, palavras, metáforas, versos, lugares repetidos historicamente, novos lugares, expectativas, anseios, esperanças, desejos, transformações, renascimentos, pedaços de alma, alma em pedaços e alma inteira. Pudemos dar lugar ao feminino no doce, apimentado, amargo... No quente, morno, frio, congelado... Na paz e no vulcão. Na calmaria e nos vendavais. Na loucura, na sanidade e no interstício entre elas. Na água, terra, fogo, ar e éter. No nosso sentir, como estrela única e como constelação.

Muito há por ser dito pelas mulheres, inclusive por tudo que foi silenciado, durante séculos, em nós. As violências históricas contra as mulheres precisam seguir saindo do velado e caminhar para o revelado, para poderem ser ultrapassadas. São ainda incontáveis as rupturas necessárias para uma verdadeira possibilidade de escolhas e liberdade!

Nós, autoras deste livro, nesse percurso tomamos as palavras, as gestamos, as parimos, nos expressamos, como a cortar um longo silenciamento de tantas outras de nós, e pudemos nos “reparir”, renascer de múltiplas formas.

E se o desejo é feminino?

O meu toca em...

 

Que sejam fartas as palavras, as formas de expressão e as escolhas na vida para nós, mulheres!

Que se decidirmos ser mães, possamos criar bons homens, inclusive para outras mulheres!

Que cada vez mais homens possam estar em sintonia com as várias notas e as canções da alma feminina, e do feminino que habita neles!

Que haja laços de respeito e reciprocidade entre as mulheres, e entre homens e mulheres!

 

Por fim, que você possa se enlaçar conosco e, pela leitura, mais se conectar e experimentar o contorno, as subidas, descidas e curvas do feminino.

Se lance nessa aventura misteriosa, surpreendente e sem fim!

 

Graciela Sanjutá Soares Faria

Mulher, mãe do Pedro, psicóloga, psicoterapeuta e professora universitária.