Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

CURITIBA EM BICO DE PENA - DI MAGALHÃES

Autor: DI MAGALHÃES
Páginas: 106 pgs.
Ano da Publicação: 2015
Editora: Instituto Memória
De: R$ 65,00 - por: R$ 50,00

SINOPSE

Apresentação

É

 

 com muito orgulho que faço a apresentação deste livro, ‘Curitiba em Bico de Pena’, pois o mesmo tem sua origem na exposição “Curitiba, aquarela e nanquim”, que tivemos a honra de promover na histórica Casa Romário Martins, sempre mantendo a tradição de divulgar a história de Curitiba, por meio de exposições e outras atividades orientadas pelas pesquisas sobre a cidade.

Di Magalhães, que é formado em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Goiás, busca desvendar Curitiba através das suas construções icônicas, pontos turísticos, e até mesmo o lado europeu da capital paranaense.

Este apaixonante livro apresenta uma seleção de 50 trabalhos sobre Curitiba, em primorosa técnica de ‘bico de pena’ do talentoso e prolífico Di Magalhães. É uma forma do artista convalidar-se, identificar-se e legitimar-se diante da cidade que adotou. Além de ser também uma declaração de gratidão e paixão! Podemos dizer que é uma contrapartida emocional e emocionante, dado à leveza dos seus traços e à sensibilidade de captar a alma da cidade e do seu povo.

Confesso-me encantado, tanto com os aspectos técnicos como com os aspectos sentimentais. Em cada traço, em cada desenho encontramos um pouco de nós mesmos, de nossa história em Curitiba. E, afinal, é essa a missão da Fundação Cultural de Curitiba.

Parabenizo e agradeço ao Anthony Leahy, editor do Instituto Memória, pelo incansável trabalho de acolher os nossos valores mais preciosos e caros.

Inverno de 2015

Marcos Cordiolli

Presidente da Fundação Cultural de Curitiba

------------------------------

Di Magalhães nasceu em 1957 na cidade de Goiás, estudou na Escola de Artes “Veiga Valle”, com mestres: Goiandira do Couto, Octo Marques, Neusa Moraes, em 1985 forma-se em Artes Visuais pela   Universidade Federal de Goiás – Bacharelado com Habilitação  em Pintura e Gravura, dentro na universidade teve os seguintes cursos: Perspectiva Cônica – Fundamentos e Métodos, Introdução ao Marketing, Diagramação em Artes Gráficas, Promoção de Vendas e Merchandising, Serigrafia, Percepção Visual e Arte, A Arte em seus Processos: O papel como suporte, Iniciação Prática a Litografia Artística, Aperfeiçoamento contínuo em Cenografia todos em Goiânia, Possibilidades de Argila em Curitiba, Curso de Figurino e Cenário (Teatro Guaíra ), Curso Técnico de Criação e Montagem de Figurino para espetáculos (Teatro Guaíra ), Curso de Serigrafia Magyrus todos em Curitiba, Curso “ Uma metodologia italiana para restauro e pinturas em murais”  em Museu de Arte de Goiânia – Goiânia, ministrado pelo L'Opificio delle Pietre Dure – Florença - Itália.

Em 1997 faz 14 painéis na entrada da 10ª Superintendência do IPHAN em Curitiba, com imagens de bens arquitetônicos tombados no Paraná.

Fez várias exposições individuais e coletivas, possui obras em diversos países como: Itália, Inglaterra, França, Portugal Canadá , Estados Unidos, Japão entre outros.