Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

Última Viagem do Barão do Serro Azul, A - 2ª Edição

Autor: Túlio Vargas
Páginas: 148 pgs.
Ano da Publicação: 2003
Editora: Juruá Editora
Preço: R$ 27,40

SINOPSE
SINOPSE

Inspirado neste livro, o produtor Maurício Appel levou para as telas dos cinemas, sob o título de “O Preço da Paz”, a tragédia do Barão do Serro Azul. Libelo contra a violência, a intolerância e a perfídia, o longa-metragem recompõe a imagem fascinante do Barão em meio ao tumulto das paixões que sacudiram aqueles tempos revolucionários. Premiado no Festival de Cinema de Gramado(RS) nas categorias Júri Popular, Produção de Arte e Montagem Técnica, o filme revelou para o Brasil os grandes avanços do Paraná nesse campo, tanto na qualidade técnica ou no primoroso roteiro, quanto na temática instigante e atraente. Serro Azul foi sempre uma figura singular. A desventura aumentou-lhe aquela auréola de encantamento e brilho, que tem causado impacto em sucessivas gerações. Mártir ou herói, tanto o livro, quanto o filme, permitem uma reflexão ou uma revisão sobre o papel que ele desempenhou nessa quase lendária história de pica-paus e maragatos. Então será possível entender as causas determinantes desse drama épico que lhe arrebatou a vida.

CURRÍCULO DO AUTOR

Túlio Vargas, natural de Piraí do Sul/PR, filho do deputado Rivadávia B. Vargas e Dalila R. Vargas, e bisneto do celére sertanista, político e revolucionário Telêmaco Borba. Bacharel em Direito. Deputado Estadual em 1962, reeleito na legislatura seguinte. Deputado Federal em 1970, igualmente reeleito, ocupou outros cargos relevantes: Secretário de Estado da Justiça, Presidente do BRDE, Procurador-Geral junto ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná e Governador do Lions Internacional. Atualmente, preside a Academia Paranaense de Letras. É Cidadão Benemérito do Paraná.